Workshop de exercícios da coluna cervical, tronco e membros superiores e melhoria no desempenho musical dos instrumentistas

Objetivos:

- Enfatizar, como o fortalecimento muscular e a flexibilização do tronco, membros superiores e coluna cervical, interferem na postura dos instrumentistas;

- Demonstrar, como os exercícios de tonificação dos músculos respiratórios, podem melhorar o som e o desempenho musical, criando uma harmonia entre técnica e musicalidade;

- Ensinar, exercícios respiratórios específicos, para o domínio correto do instrumento, flauta transversal, no sentido de aprender técnicas para majorar o aproveitamento do ar, em situações concretas da leitura e interpretação.;

- Enfatizar, que o uso do ar pode ajudar no staccato, som, técnica e interpretação.

Faixa Etária:

Para todas as idades.

Duração e Horários:

Dia 06 de março, às 14h30.

Organização da Formação:

Formação à Distância com sessões síncronas.

Metodologia da Formação:

Expositivo, Demonstrativo, Ativo e Interrogativo.

mm.jpg

Carolina Alves Tavares

Carolina Tavares, é licenciada em Música pela Escola Superior de Lisboa, e frequenta neste momento o mestrado em Ensino da Música, na Universidade Católica do Porto e ensina flauta transversal na Escola de música da filarmónica de Vila Nova de Anços. 
Fez parte integrante da Orquestra de Sopros do Conservatório de Música de Coimbra e da Banda Filarmónica Arganilense, participou em diversas atividades como:

VI Fim de Semana da Flauta na Escola de Música de São Teotónio, VI Curso de Flauta Transversal no Conservatório de Música de Coimbra, Masterclass de Flauta Transversal no Clube Literário do Porto, 1º estágio de Orquestra de Sopros em Gouveia, IX Estágio Sinfónico da Covilhã, 6.º Estágio de Banda de Palmela, atividades da Escola Aberta na ESART, 1.ª Academia de Flauta de Verão da Universidade Católica, Estágio D’Ouro em Crestuma, Projeto Orquestra 100 Flautas e Orquestra de 100 Saxofones, VII Curso de Flauta no Conservatório de Música de Coimbra, Masterclass de Flauta Transversal no Conservatório de Música Jaime Chavinha, em Minde, 2ª Academia de Flauta de Verão no Porto, I Estágio de Orquestra AECMC no Conservatório de Música de Coimbra, Concertino de Cécile Chaminade com a Bamba Filarmónica de Arganil, executante na Masterclasse com a professora Sibel Pensel na Universidade de Aveiro, ensinou Flauta nas Escolas de Música das bandas de Filvar, Masterclasse de Flauta na Academia Nacional Superior de Orquestra, executante no X Curso de Flauta Transversal no no Conservatório de Música de Coimbra, XII Estágio de Orquestra de Sopros da Ourearte, Masterclasse de Flauta na Academia de Música Sinfonias, Estágio de Orquestra de Sopros de Arganil, trabalhou a dar AECS na EB1 Jorge Barradas. 

mmmm.jpg

Enf. Maria Fernanda Alves Tavares

Maria Fernanda Alves Tavares nasceu a 05 de novembro de 1959, na Murteira (Proença-a-Nova).

Fez os estudos gerais até ao 12º ano de escolaridade, ingressando em 1980 no curso de enfermagem na escola superior de enfermagem de Castelo Branco, concluindo em 1983.

Em 1989, ingressou no curso de especialização em enfermagem de reabilitação, concluindo em 1991.

Trabalhou como enfermeira no hospital distrital de Portalegre, serviço de obstetrícia; Instituto Português de oncologia de Coimbra, serviço de radioterapia, cirurgia geral e especializada; Hospitais da Universidade de Coimbra, serviço de medicina intensiva.

Como enfermeira de reabilitação, desenvolveu o seu percurso em vários serviços, a destacar, medicina física e reabilitação; cardiotorácica; cirurgia geral; medicina intensiva e unidade de cuidados cirúrgicos intermédios, local onde se encontra a exercer atualmente.

A sua área de intervenção foi sempre a função respiratória, como prevenção de complicações do foro respiratório (pneumonias, atelectasias, derrames pleurais), a doentes em pós-operatório imediato e ou submetidos a ventilação mecânica, invasiva e não invasiva.

gratis_edited_edited.png